quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Relações públicas

...um dia, eu vi um cara sentado...
uma viola na mao, sol, calor e amigos.
Alguém que euconheço o conhecia, e esse alguém que o conhecia nao era eu, mas poderia ser. Talvez um dia!
Pessoa interessante aquela! Gostei, mas nao dei muito valor. Nao percebi valor dado, talvez olhos famintos por carne, mas talvez nao.
Os dias passam, as pessoas a nossa volta mudam, ou ficam alí, mas outras aparecem.
foi num dia sozinha, num ato estranhamente anormal, que conheci.
As vezes sair da rotina te abre grandes portas, ou grandes buracos. Na verdade nao tem como saber se será um caminho lindo, ou escuro sem fim... Temos que viver, ou deixar passar. Afinal: 50% de suas escolhas tem chance de dar certo.
Basta se jogar! - amarre-se.

Um comentário:

  1. quem é hein?! conta conta conta! AHhahahhahAHAHhahahaha

    ResponderExcluir